MNIMÓSSINON

(Panikhida - Requiem)

 

Triságion

Presb: Bendito seja o nosso Deus, agora e sempre e pelos séculos dos

séculos.

Leitor: Santo Deus, Santo Forte, Santo Imortal, tem piedade de nós (x3)

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, agora e sempre e pelos

séculos dos séculos. Amen.

Santíssima Trindade, tem piedade de nós. Senhor, purifica-nos dos

nossos pecados. Mestre, perdoa-nos as nossas iniquidades. Tu que és

Santo, visita-nos e cura, pelo Teu Nome, as nossas

enfermidades.

Kyrie eleison. (x3)

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, agora e sempre e pelos

séculos dos séculos. Amen.

Pai nosso, que estás nos Céus, santificado seja o Teu Nome. Venha a

nós o Teu Reino; seja feita a Tua vontade, assim na terra como no

Céu. O pão nosso quotidiano nos dá hoje. Perdoa-nos as nossas

dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores. E näo nos

deixes cair em tentação, mas livra-nos do Mal.

Presb: Pois a Ti pertencem o Reino, o poder e a glória, Pai, Filho e Espírito

Santo, agora e sempre e pelos séculos dos séculos.

Leitor: Amen.

Tropária, 4o Tom

Coro: Com as almas dos justos que adormeceram dá repouso, ó Salvador, à

alma (às almas) do Teu servo (dos Teus servos), e mantem-no (-nos)

na vida bendita conTigo, ó Tu que amas os homens.

No lugar do repouso, ó Senhor, onde todos os Teus Santos repousam,

dá repouso também à alma (às almas) do Teu servo (dos Teus servos),

pois és só Tu que amas os homens.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

Tu és o Deus que desceu ao inferno e soltou as cadeias dos captivos.

Dá repouso, ó Senhor, à alma (às almas) do Teu servo (dos Teus

servos).

Agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amen.

Teotóquio

Ó única Virgem pura e imaculada que sem semente deste à luz a Deus,

reza-Lhe para que a sua alma obtenha (as suas almas obtenham)

salvação.

Pequena Litania

Presb: Tem piedade de nós, ó Deus, segundo a Tua grande misericórdia; nós

Te suplicamos, escuta-nos e tem piedade.

Coro: Kyrie eleison. (x3)

Presb: De novo oremos pelo repouso do servo de Deus N., que adormeceu, e

que sejam perdoados todos os seus pecados, voluntários e

involuntários.

Coro: Kyrie eleison. (x3)

Presb: Que o Senhor ponha a sua alma no lugar onde os justos repousam.

Pela clemência do Senhor, o Reino dos Céus, e a remissão dos seus

pecados pedimos a Cristo nosso Rei Imortal e nosso Deus.

Coro: Concede, Senhor.

Presb: Oremos ao Senhor.

Coro: Kyrie eleison.

Presb: Ó Deus dos Espíritos e toda a carne, que venceste a morte e

esmagaste o Inimigo, Tu que deste a vida ao mundo, concede à alma

do Teu servo defunto N. o repouso no lugar da luz, da abundândia

e da paz, onde näo há dor, nem tristeza, nem gemidos. Perdoa-lhe,

Senhor, que amas os homens, todas as faltas cometidas por palavras,

actos e pensamentos: pois não há homem nenhum que não tenha

pecado durante a vida. Só Tu estás fora do pecado, e a Tua justiça é

eterna e a Tua palavra é verdade. Pois Tu és a Ressurreiçäo, a Vida e

o Repouso do Teu servo N. que adormeceu, ó Cristo nosso Deus, e

nós Te damos glória, com o Teu Pai Eterno e o Teu Espírito todo

Santo e bom e vivificante, agora e sempre e pelos séculos dos séculos.

Coro: Amen.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, agora e sempre e pelos

séculos dos séculos. Amen.

Presb: Glória a Ti, ó Deus, nossa esperança, glória a Ti.

Que Aquele que tem poder sobre os vivos e os mortos, Ele próprio

ressuscitado de entre os mortos, Cristo nosso verdadeiro Deus, pelas

orações da Sua santíssima Mãe, dos santos, gloriosos e ilustres

Apóstolos, dos nossos santos ascetas que levam a Deus no seu

coração, e de todos os Santos, estebeleça no lugar dos justos a alma

do Teu servo N., que foi levado de nós; lhe conceda repouso no seio

de Abraão, e o conte entre os Justos, e que tenha piedade de nós, pois

Ele é bom e ama os homens.

Que a tua memória seja eterna, caro irmão/cara irmã, digno/a de

bem-aventurança e memória perpétua.

Pelas orações dos nossos santos padres, Senhor Jesus Cristo, tem

piedade de nós e salva-nos.

Coro: Amen.

Mnimóssinon

Evloguitária, Tom 5

Coro: Bendito és Tu, ó Senhor, ensina-me os Teus caminhos.

O coro dos Santos encontrou a Fonte de Vida e a Porta do Paraíso.

Que eu também descubra o caminho pela penitência. Sou a ovelha

perdida. Chama-me de volta, ó Senhor.

Bendito és Tu, ó Senhor, ensina-me os Teus caminhos.

Dá repouso, ó Senhor, às almas dos Teus servos, e põe-nos no

Paraíso, onde os coros dos Santos e dos Justos brilham como estrelas.

Dá repouso, ó Senhor, aos Teus servos que adormeceram, e perdoa

todas as suas ofenças.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

Triadicó

Louvemos com reverência o triplo esplendor da única Divindade e

clamemos: Santo és Tu, Ó Eterno Pai, Co- eterno Filho e Espírito

Santo. Ilumina-nos que com fé Te adoramos, e salva-nos do fogo

eterno.

Agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amen.

Teotóquio

Rejubila, Virgem santa, que pela salvação de todos pariste a Deus em

carne, e por quem os homens encontraram a salvação. Que por ti

encontremos o Paraíso, ó pura e santíssima Mãe de Deus.

Aleluia, aleluia, aleluia, glória a Ti, ó Deus. (x3)

Contáquio, 8o Tom

Coro: Com os Teus Santos dá repouso, ó Senhor, às almas dos Teus servos,

onde não há dor, nem tristeza, nem gemidos, mas a vida eterna.

Tropária, 4o Tom

Com as almas dos justos que adormeceram dá repouso, ó Salvador, à

alma (às almas) do Teu servo (dos Teus servos), e mantem-no (-nos)

na vida bendita conTigo, Ó Tu que amas os homens.

No lugar do repouso, ó Senhor, onde todos os Teus Santos repousam,

dá repouso também à alma (às almas) do Teu servo (dos Teus

servos), pois és só Tu que amas os homens.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

Tu és o Deus que desceu ao inferno e soltou as cadeias dos captivos.

Dá repouso, ó Senhor, à alma (às almas) do Teu servo (dos Teus

servos).

Agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amen.

Teotóquio

Ó única Virgem pura e imaculada que sem semente deste à luz a Deus,

reza-Lhe para que a sua alma obtenha (as suas almas obtenham)

salvação.

 

Pequena Litania

Presb: Tem piedade de nós, ó Deus, segundo a Tua grande misericórdia; nós

Te suplicamos, escuta-nos e tem piedade.

Coro: Kyrie eleison. (x3)

Presb: De novo oremos pelo repouso do servo de Deus N., que adormeceu, e

que sejam perdoados todos os seus pecados, voluntários e

involuntários.

Coro: Kyrie eleison. (x3)

Presb: Que o Senhor ponha a sua alma no lugar onde os justos repousam.

Pela clemência do Senhor, o Reino dos Céus, e a remissão dos seus

pecados pedimos a Cristo nosso Rei Imortal e nosso Deus.

Coro: Concede, Senhor.

Presb: Oremos ao Senhor.

Coro: Kyrie eleison.

Presb: Ó Deus dos Espíritos e toda a carne, que venceste a morte e

esmagaste o Inimigo, Tu que deste a vida ao mundo, concede à alma

do Teu servo defunto N. o repouso no lugar da luz, da abundândia

e da paz, onde não há dor, nem tristeza, nem gemidos. Perdoa-lhe,

Senhor, que amas os homens, todas as faltas cometidas por palavras,

actos e pensamentos: pois não há homem nenhum que não tenha

pecado durante a vida. Só Tu estás fora do pecado, e a Tua justiça é

eterna e a Tua palavra é verdade. Pois Tu és a Ressurreição, a Vida e

o Repouso do Teu servo N. que adormeceu,Ó Cristo nosso Deus, e nós

Te damos glória, com o Teu Pai Eterno e o Teu Espírito todo Santo e

bom e vivificante, agora e sempre e pelos séculos dos séculos.

Coro: Amen.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, agora e sempre e pelos

séculos dos séculos. Amen.

Presb: Glória a Ti, ó Deus, nossa esperança, glória a Ti.

Que Aquele que tem poder sobre os vivos e os mortos, Ele próprio

ressuscitado de entre os mortos, Cristo nosso verdadeiro Deus, pelas

orações da Sua santíssima Mäe, dos santos, gloriosos e ilustres

Apóstolos, dos nossos santos ascetas que levam a Deus no seu

coração, e de todos os Santos, estebeleça no lugar dos justos a alma

do Teu servo N., que foi levado de nós; lhe conceda repouso

no seio de Abraão, e o conte entre os Justos, e que tenha piedade de

nós, pois Ele é bom e ama os homens.

Coro: Amen.

Presb: Que a tua memória seja eterna, caro irmäo/cara irmä, digno/a de

bem-aventurança e memória perpétua.

Coro: Memória eterna! (x3)

Presb: Pelas orações dos nossos santos padres, Senhor Jesus Cristo, tem

piedade de nós e salva-nos.

Coro: Amen.

 VOLTAR



Tradução IM, rev. Julho 2001

Ó 1999, 2001 Igreja Ortodoxa Grega em Portugal