Alerta

Heterodoxias
Em Portugal encontramos vários “grupos” que se afirmam como "igrejas ortodoxas" sem efectivamente pertencerem a uma jurisdição canónica.

É nosso dever alertar o público em geral e os fiéis em particular pois estas "igrejas" ministram os sacramentos a pessoas que de boa fé estão convencidas que estes “sacerdotes” são ordenados pela Igreja Ortodoxa.

VOLTAR AO INÍCIO